"A Fotógrafa, Sra. Artine"

Maria Aurora Gonçalves Gomes - a Fotógrafa, Sra. Artine

Maria Aurora Gonçalves Gomes nasceu em Tenões, em Braga, há 84 anos, quase 85 que se completam no próximo mês de Março.

Estudou até à quarta classe, à feição da época. Terminada a escolaridade, foi aprender o ofício de costura num atelier de modista por vontade materna, tornando-se em vocabulário do tempo, um "chiço de costura”.

Aos 18 anos, conheceu João Batista de Carvalho, com quem havia de casar.

João Batista de Carvalho era já um repórter de gabarito, cobrindo acontecimentos de natureza diversa - desportiva, académica, política - para o Jornal de Notícias e o Comércio do Porto. Paralelamente, havia tomado conta do estabelecimento “Foto Artine”, na Rua dos Capelistas, dedicado à reportagem fotográfica de exterior e à fotografia em estúdio. Por isso, a mudança de estado civil veio de braço dado com a mudança de profissão.

Maria Aurora começou no balcão com o atendimento ao público e foi aprendendo a arte e os brios da fotografia com o mestre, que a esposa descreve e cita com suma admiração e um alfabeto inteiro de qualidades. Diz que João lhe deu o ser.

Em 1957, cumpriu no exame que lhe conferiu a Segunda Categoria de fotógrafa. Tornou-se oficial o que já era real.

Fotografou imensos casamentos. No início, era tudo a preto e branco. Depois, passaram a levar-se duas máquinas - a preto e branco e a cores - e todas as fotografias eram tiradas a dobrar, isto porque, no próprio dia, só era possível mostrar as provas aos convidados a duas cores. Por vezes, o problema nascia dias depois, aquando a entrega das derradeiras fotografias, quando a fotogenia dos protagonistas diminuía porque a fotografia é a captura de um instante e ao instante imediatamente a seguir falta-lhe sempre alguma gramática, quando não toda.

Antes, faziam-se em estúdio mais fotografias tipo passe, outras maiorzinhas para agasalhar amorosamente dentro das carteiras, umas para assinalar comunhões (primeiras e solenes) e outras para os homens levarem consigo nas malas da emigração e da guerra.

Hoje, as fotografias são conservadas em telemóveis, não chegando a conhecer o papel, e são corridas a toque de indicador. Os avanços do progresso galgaram terreno à fotografia tal como a "Foto Artine” a conheceu.

No estúdio permanecem ainda marcas dessa velha e romântica escola, mas não adormecida: câmara escura no segundo piso, um conjunto de casaco, camisa e gravata para as fotografias mais formais, cortinas, um genuflexório para as fotografias das comunhões, um caderno peculiar de folhinhas de várias cores para colorir ou melhorar fotografias a preço e branco, diretamente intervencionado pelo pincel humedecido com saliva, e, finalmente, os livros das reportagens realizadas ao longo de sete décadas, com entradas por rolo e acontecimento. Os registos dos casamentos predominam. Irremediavelmente, aqui todos permanecem casados. Os descasamentos são registos de outros livros.

Maria Aurora e o marido fotografaram muitas noivas, a mais fina flor do Minho, gente ilustre a quem o futuro sorria, enquanto esta sorria para a máquina fotográfica.

Hoje, vai-se retirando lentamente, sem nunca o fazer por inteiro porque como fotógrafa que se fez, tem o bichinho da imagem, o vício das pessoas e a máquina fotográfica como músculo.

E, assegura-nos, num mundo aparentemente a cores como o nosso, não há nada que se compare a uma fotografia a preto e branco.

Ubicación fotografía

Author

Braga, Minho, Portugal
Compartir 

Información EXIF

Date picture was taken: 
01/28/2020
Model: 
ILCE-7M3
Photo size: 
309129
Software: 
Adobe Photoshop CC (Windows)
Compresión: 
JPEG (old-style)
x-Resolution: 
72/1
y-Resolution: 
72/1
Color space: 
1
Focal lenght: 
55mm
ISO: 
10000
Orientation: 
Horizontal (normal)
Exposure program: 
Manual
fNumber: 
40/10
Field exposure: 
1/125s
Nombre archivo: 
dsc00210_-_copia.jpg
Under the framework of: Programa Operativo Cooperación Transfronteriza España-Portugal
Sponsors: Fundación General de la Universidad de Salamanca Fundación del Consejo Superior de Investigaciones Científicas Direção Geral da Saúde - Portugal Universidad del Algarve - Portugal