Beleza além da flor

Aproveitar o momento, frase que muitas vezes parece crua e utópica numa sociedade que está sempre na correria. No período da pandemia, muitos idosos tem sofrido abuso, violência doméstica diante da presença de membros da família desnutridos de humanidade, que vem nem sempre como violência física, mas também psicológica. Para mim, tem sido um momento especial de poder passar um tempo que nunca tive com minha avó. Tenho acompanhado seu dia-a-dia, repleto de coisas boas, como estes banhos de sol, ela dizendo nas manhãs ensoladas: "dia lindo, né", me ensinando a cozinhar, escutando suas músicas em japonês. Contudo, minha avó, pela primeira vez, mostrou uma piora na sua mobilidade, com dores na perna direita, com dias que não podia sair da cama. Essa fragilidade e necessidade de precisar de ajuda a fez ficar, quando não triste, irritada, por perder um pouco de sua independência. Mas ver sua melhora trouxe muita alegria para toda a família, nos faz agir com maior empatia diante das mudanças que a idade traz. Essa é uma breve reflexão sobre este período e seus momentos e experiências especiais, que com certeza levarei para sempre na minha vida.

Minha avó é a flor, seu olhar é o meu.

Ubicación fotografía

Autor

São Paulo, São Paulo, Brasil
Compartir 

Información EXIF

Fecha toma de fotografía: 
15/06/2020
Nombre archivo: 
flor72dpi_2.jpg

Concurso fotográfico

En el marco de: Programa Operativo Cooperación Transfronteriza España-Portugal
Instituciones promotoras: Fundación General de la Universidad de Salamanca Fundación del Consejo Superior de Investigaciones Científicas Direção Geral da Saúde - Portugal Universidad del Algarve - Portugal